Arquitetos e decoradores contam as grandes novidades de Milão

Profissionais revelam o que foi destaque no ISALONI, o maior evento de design mobiliário mundial, que aconteceu na Itália na semana passada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/04/2017 11:40 / atualizado em 26/04/2017 18:38 Isabela Teixeira da Costa /Estado de Minas
Instalações em estilo industrial (à esquerda) e insetos que chamam a atenção (à direita) - Divulgação Instalações em estilo industrial (à esquerda) e insetos que chamam a atenção (à direita)

Reconhecida mundialmente como a maior feira de design mobiliário, o Isaloni, que foi realizado no início do mês em Milão, na Itália, dita a tendência do setor. O que vai ser usado em cores, tecnologia, design e iluminação podia ser visto por lá.

O arquiteto Junior Piacesi ressalta a criatividade das instalações que encantaram os visitantes dentro e fora dos salões principais. Em espaços como escolas e fábricas abandonadas, o mobiliário moderno e requintado dava um novo uso aos ambientes, criando contrastes com o local. Em outros bairros da cidade, o que dava o tom das exposições foi uma mistura do bom gosto, simplicidade e sofisticação. “Um dos destaques é a MOOOI, que apresentou muitos insetos em suas composições e estampas nos tapetes, valorizando o natural. Uma instalação que também chamou a atenção foi a Missoni Casa, que inaugurou um novo espaço no bairro Brera e oferece ao cliente a possibilidade de levar a estampa feita na hora, como gravura”, cita.

Ainda dentro da tendência natural, as designers Linda Martins e Cris Araújo destacaram a gama de expositores que usaram o tema para compor os seus ambientes. “A natureza é uma fonte inesgotável de inspiração e nesse ano estava presente nos espaços das marcas mais importantes de design da Itália. Além da MOOOI, várias imagens de animais estamparam cadeiras (como a Embroidery Chair lançada pela Cappellini e bordada com um tigre); luminárias (como as peças da Seletti em forma de macacos e ratos) e, também, a grande utilização de prints florais em tapetes e em superfícies”, relata Linda Martins.

Os animais marcaram forte presença em Milão (no alto). Abaixo, à esquerda, pufe New York. Ao lado, cozinha com armários vazados e funcionais
 - Divulgação Os animais marcaram forte presença em Milão (no alto). Abaixo, à esquerda, pufe New York. Ao lado, cozinha com armários vazados e funcionais

Junior Piacesi aponta também como destaque os pufes New York, design do arquiteto Jean-Marie Massaud: “Eles servem como apoio para os pés, como um complemento para sofá ou um elemento independente. É versátil e possui vários modelos, podendo ser inseridos em casa ou hotéis, por exemplo. Eles são costurados à mão e muito refinados”, conta.

O arquiteto exalta ainda a apresentação da B&B Italia, que mostrou novas propostas para as áreas de estar e uma nova configuração da cozinha. “São sofás, mesas, cadeiras, camas e outras peças que foram desenhadas por inúmeros designers e que possuem em seu DNA a elegância e um toque preciso de cor. Destaque para a cozinha em PVD de bronze, com armários suspensos vazados, que permite uma maior interação da cozinha com a sala de estar ou área externa”, ressalta.

O cinza e as luminárias em movimento chamaram a atenção - Divulgação O cinza e as luminárias em movimento chamaram a atenção

A designer de interiores Rosane Guedes listou as principais tendências que chamaram sua atenção. “A mistura de materiais como madeira e pedra; madeira e elementos metálicos; pedras ou vidros com elementos metálicos. Destaque para as formas arredondadas dos móveis. Com relação às cores, o dourado continua em alta, assim como os tons de verde.”, revela.

Misturas de materiais (como pedra e metal), móveis arredondados (influência dos anos 80) e o dourado foram os destaques - Divulgação Misturas de materiais (como pedra e metal), móveis arredondados (influência dos anos 80) e o dourado foram os destaques

Cris Araújo e Linda Martins destacam as cores: “O uso do azul índigo como destaque ou o laranja e suas variações em tons terrosos, que apareceu em vários momentos, volta forte este ano. O cinza segue em alta como o cimento queimado que vai do quarto à sala, passando pelos banheiros. O estilo escandinavo também vem como tendência em 2017”, afirmam. A dupla aponta o recorrente uso de veludo nos estofados e mármore nas paredes e nos móveis, além da tecnologia dominando a parte de iluminação com leds e luminárias em movimento.

Outros artigos

ver todas
22 de maio de 2017
14 de maio de 2017
08 de maio de 2017
02 de maio de 2017
24 de abril de 2017