Casa e Decoração

Veja quando e como usar as tintas ecológicas na pintura da casa

Elas podem ser industrializadas ou naturais, mas não é qualquer tinta à base d%u2019água que pode ser considerada ecológica, por isso é importante não confundir.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/04/2015 15:27
As tintas convencionais contêm toxinas e componentes tidos como cancerígenos, os COVs (Compostos orgânicos voláteis), além de emitirem gases nocivos para a atmosfera até alguns meses depois da sua aplicação. As tintas ecológicas são aquelas que não apresentam estes problemas, funcionando como alternativa às tintas comuns. Elas podem ser industrializadas ou naturais, mas não é qualquer tinta à base d%u2019água que pode ser considerada ecológica, por isso é importante não confundir. Para ter esse apelo realmente elas precisam ser livres destes componentes nocivos. São normalmente as linhas de marcas conhecidas que possuem a indicação de serem ecológicas já no nome ou na embalagem, e que são encontradas com facilidade nas lojas de tinta. As alternativas mais naturais são a tinta de terra e a tinta de cal, que podem ser adquiridas prontas ou feitas em casa, e que, além de não possuírem materiais perigosos em sua composição, ainda contribuem para reduzir o impacto ambiental pelo processo artesanal de fabricação. Tintas de terra Têm como principal vantagem o fato de deixarem a parede "respirar", já que não formam uma camada impermeável como as tintas comuns. Quando adquiridas prontas, são compostas por uma mistura de pigmentos minerais extraídos de jazidas certificadas e emulsão aquosa . Podem ser usadas em paredes internas e externas, com acabamento liso ou texturizado, e têm cores variadas de acordo com a tonalidade da pigmentação utilizada, passando pelo branco, cinza, creme alaranjado, entre outras. Quando feitas em casa, as tintas adquirem a cor da terra utilizada. Tintas de cal Feitas com cal e pigmentos naturais, são ideias para aplicação em superfícies porosas, internas ou externas, que não tenham sido pintadas anteriormente. Ambas podem ser descartadas juntamente com o lixo orgânico, diferentemente das tintas convencionais. As tintas naturais possuem prazo de validade menor do que as industrializadas, pois não têm produtos químicos para conservação, e também demoram mais para secar. Por outro lado, o meio ambiente e sua saúde agradecem. (com informações Dicas de Arquitetura)

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016