Casa e Decoração

Veja dicas para não errar na hora de decorar sua casa com tapetes

Além de decorar, o tipo de tapete faz diferença na hora de demarcar o espaço dos ambientes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/12/2015 14:51 / atualizado em 07/12/2015 15:15

Usado em vários ambientes, o tapete é um item que não serve unicamente para ser decorativo, mas em alguns casos, ele tem uma funcionalidade que traz mais conforto e delimita espaços no ambiente. Suas diversas cores e tamanhos são adaptadas aos ambientes de acordo com o estilo de cada pessoa.


Formatos

 

Os tapetes circulares e retangulares são os mais usados, mas ainda tem os hexagonais que dão um toque especial e contemporâneo. Também não podemos esquecer das passadeiras que ajudam muito na cozinha (pé da pia) e corredores trazendo cor e vida para esses ambientes. Uma tendência é a utilização de formas geométricas nas grafias dos tapetes. Existem ainda, os tramados que dão um aspecto artesanal e bastante sofisticado aos cômodos. Os felpudos acariciam os pés, principalmente, nos quartos e salas de estar.

 

Para tirar as dúvidas sobre como e o que fazer com os tapetes na decoração, Pedro Ranzatti, designer da Oppa, listou algumas dicas. Confira e nunca mais erre na utilização desse acessório.

 

Sala

 

Quando posto na sala, por ser mais visível, o tapete delimita espaços dentro do ambiente. Além disso, transforma o local deixando-o mais confortável, tirando o aspecto de dureza do chão, transformando assim, o local em um convite a se sentar e relaxar. É ele que liga os elementos da sala em uma grande composição delimitando áreas de interação e/ou atividade e que faz os olhos de quem vê, compreenderem o ambiente com uma unidade. Procure usar tapetes do mesmo tamanho ou maior que o sofá, nunca menor para não haver desvinculo dos elementos que compõe o ambiente.

 

Quarto

 

Para o quarto a sugestão é um material mais macio e fofo, fazendo com que quando você saia da cama pela manhã e sinta como se tivesse pisando nas nuvens. Ele pode ser usado por debaixo da cama, emoldurando o seu contorno, iniciando na cabeceira ou criado-mudo (nunca no meio da cama) e ultrapassando os pés. Dessa maneira, você consegue a ilusão de ampliar o espaço da cama no ambiente do dormitório.

 

Banheiro

 

Para esta área aposte em um tapete menor, aqueles para a saída do chuveiro ou para a pia para você pisar enquanto escova os dentes. Também não esqueça que os tapetes devem ser de material absorvente, como algodão, crochês ou fibras naturais, pois você não vai querer pisar em poças d’água enquanto se enxuga, certo?

 

Ah, e nada de usar o trio tapetinho - tapete de vaso, capa de tampa de privada e capachos - só para entrada da casa, eles têm péssimo toque aos pés descalços.

 

Quarto das crianças

 

É legal ter um tapete para a criançada, além de protegê-los contra o chão frio, ele decora muito bem o quarto dando um aspecto mais alegre e divertido. O ideal, são as formas lúdicas, cores vivas e material macio, assim você consegue transformar o quarto infantil dando mais estilo e aconchego. Para os bem pequenos, tapetes acolchoados ou emborrachados vão oferecer maior segurança. Opte por materiais de fácil limpeza. Para os maiorzinhos, tapetes interativos vão aflorar a imaginação da criançada.

Tags: casa,

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016