Casa e Decoração

Casa móvel produz energia e pode ser levada a qualquer lugar do mundo

O "móvel" foi criado na Eslováquia e tem características próprias para facilitar a sustentabilidade e o transporte do mesmo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 04/01/2016 14:19 / atualizado em 04/01/2016 14:32 Redação Bonde /Folha de Londrina
Quem nunca sonhou em viver de maneira independente e viajar o mundo, sem perder o conforto que se tem em um lar? Se você é uma dessas pessoas, já pode parar de sonhar. Isso porque o escritório eslovaco Nice Archtects, criou a Ecocapsule, uma pequena casa que atende a todos esses desejos e vai além: é sustentável. 

Um dos grandes destaques da casa móvel é sua capacidade de produzir a energia que consome. Sua superfície é coberta por placas fotovoltaicas e uma pequena turbina eólica, com 750 watts. Juntas, as duas estruturas garantem toda a energia necessária para o bom funcionamento da Ecocapsule. Para garantir o abastecimento, independente das condições ambientais, os criadores também usaram uma bateria que armazena o excedente energético para uso posterior.

Apesar de pequena, a casa possui todos os elementos essenciais necessários para uma estadia prolongada, sem a necessidade de recargas ou reabastecimento. De acordo com os arquitetos responsáveis pelo projeto, ela abriga confortavelmente dois adultos. 

A casa móvel conta com torneiras, chuveiro quente e banheiro equipado com vaso sanitário e descarga. A água, assim como a energia, também é obtida de maneira sustentável. Sua forma esférica é otimizada para recolher a água da chuva e do orvalho. O recurso passa por um filtro e pode ser usado para o consumo humano. O mesmo sistema serve para limpar água de outros mananciais. 

Divulgação
Divulgação


Segundo os criadores, a Ecocapsule se encaixa em qualquer contêiner de tamanho padrão e também pode ser transportada por meio de reboque. (Fonte: CicloVivo)

Tags: móveis

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016