Casa e Decoração

Aprenda a fazer uma horta hidropônica e cultive alimentos orgânicos em casa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 08/07/2016 15:03 / atualizado em 08/07/2016 15:25 Redação Bonde /Folha de Londrina
Já pensou em ter sua própria horta em casa, consumir alimentos sem agrotóxicos e verdadeiramente orgânicos? Pois então, leia atentamente e siga as instruções para aprender a fazer uma horta hidropônica, que não precisa de terra para ser cultivada! 

Reprodução/Panelaterapia
Reprodução/Panelaterapia


Você pode estar se perguntando "mas por que uma horta hidropônica e não uma horta convencional?". A resposta é simples: quando os vegetais são cultivados fora da terra, não há presença de pragas e a dinâmica de manutenção é bem mais simples. 

Para montar sua própria horta você precisará de: 

- um zig-zag com canos de PVC levemente inclinados (para caída da água) e furados (os canos precisam ser furados para que os vegetais possam ter espaço para sair quando começarem a crescer. Os furos devem ser de um tamanho que comporte um pé de alface adulto, por exemplo). 

Reprodução/Panelaterapia
Reprodução/Panelaterapia


- suportes de ferro para prender a estrutura de canos na parede (ex: mão-francesa) e fitas Hellermann para prender os canos no suporte; 

Reprodução/Panelaterapia
Reprodução/Panelaterapia


- um tambor para colocar a água; 

Reprodução/Panelaterapia
Reprodução/Panelaterapia



- uma bomba de aquário com uma mangueira que leve a água até o cano mais alto (quanto maior a distância entre o tambor e o cano mais alto onde a mangueira vai começar a jogar a água, maior deve ser a capacidade da bomba). 

Para entender melhor como montar sua horta e e como realizar o cultivo, assista aos vídeos abaixo que, em sequência, explicam detalhadamente: 

1) Montagem 
https://www.youtube.com/watch?v=65UgMSSB1qk&feature=youtu.be


2) Cultivo 
https://www.youtube.com/watch?v=ZxwHo4frae4&feature=youtu.be


Água 

A água para este tipo de horta não é uma água qualquer. Uma vez que os vegetais não têm os nutrientes da terra para se desenvolver, é necessário que água esteja nutrida a ponto de suprir as necessidades destes vegetais. Este tipo de água pode ser encontrada já pronta ou você mesmo pode prepará-la. 

Para a solução você precisará de: 

- 2 recipientes 
- 283,5 g de nitrato de sódio 
- 283,5 g de nitrato de cálcio 
- 283,5 g de sulfato de potássio 
- 425 g de superfosfato 
- 142 g sulfato de magnésio (sais de Epsom) 
- 28 g sulfato de ferro 
- 1 colher de chá de sulfato de manganês 
- 1 colher de chá de ácido bórico 
- 1/2 colher de chá de sulfato de zinco 
- 1/2 colher de chá de sulfato de cobre Almofariz e pilão 
- saco de plástico (opcional) 
- rolo de macarrão (opcional) 

Instruções 

Combine o nitrato de sódio, nitrato de cálcio, sulfato de potássio, superfosfato e sais de Epsom em um recipiente limpo. 

Combine o sulfato de ferro, sulfato de manganês, ácido bórico, sulfato de zinco e sulfato de cobre em um recipiente separado e, em seguida, soque com o pilão. Você também pode colocá-los em um saco de plástico resistente e triturá-los bem com um rolo de macarrão. 

Combine bem as misturas. Dissolva 1 colher de chá da mistura final em 1 litro de água e use 30 ml dessa solução para cada 12 litros de água. Você também pode adicionar 1/2 colher de chá para cada 400 litros de água. Descarte o pó restante que não for usado dentro de 24 horas, já que ele perde suas propriedades após esse período. 

(Fontes: Panelaterapia, eHow Brasil e Sobrevivencialismo)

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016