Casa e Decoração

Aprenda a fazer um belo terrário e inicie na arte da jardinagem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 17/08/2016 17:52 Redação Bonde /Folha de Londrina
Sua rotina é corrida, mas você simplesmente adora cuidar de plantas? Os terrários são ótimas e lindas opções para quem não tem tanto tempo para cuidar de plantas e para quem também não tem tanto espaço em casa. Ou então, para você que gostaria de iniciar na arte da jardinagem, mas está incluso nas questões citadas acima! 

Reprodução
Reprodução


Está pronto para arregaçar as mangas, ativar a criatividade e começar a montar seu jardim em miniatura? Então, vamos lá. 

Reprodução
Reprodução


Primeiro, você vai precisar de um recipiente para montar seu terrário. Veja algumas opções: 

- Aquário 
- Vaso de flores 
- Chaleira 
- Sopeira 
- Luminária 
- Taças 
- Garrafa 
- Frascos de laboratório 

Reprodução
Reprodução


Escolha as plantas mais adequadas: 

Opte por plantas com características parecidas para que possam crescer juntas. As mais usadas são: samambaias, musgos, suculentas e cactos. Outras indicadas são: confetes, violetas, maranta, trapoerabas. Pesquise os tipos em sua cidade e prepare-se para colocar a mão na massa. 

Reprodução
Reprodução


Mais materiais: 

Solo: prefira um solo leve e de boa drenagem, de preferência com musgo. Se possível, com o musgo esfagno. 

Cascalho e pedrinhas: são elementos que favorecem a drenagem e, quando posicionados na superfície, ajudam na composição visual. 

Carvão ativado: caso o recipiente não tenha orifício para drenagem, é obrigatório adicionar pedaços de carvão ativado. 

Musgo: colocar uma camada de musgo no fundo de um terrário é uma boa ideia, já que ele age como uma esponja que absorve o excesso de umidade. 

Reprodução
Reprodução


Instrumentos para plantar: Luvas e regador. 

Enfeites: você pode colocar pequenos anões de jardim, conchas, pedras, pequenos bonecos ou decoração de aquário, por exemplo. Use sua imaginação! 

Comece a plantar: 

Lave o recipiente de vidro: Se for reutilizado, lave com água e sabão. Enxague bem. 

Coloque a drenagem: Misture o cascalho, as pedrinhas e um punhado grande de carvão ativado. Espalhe pelo fundo do recipiente, deixando uma camada de cerca de 2,5 centímetros de altura. 

Coloque o musgo: Isto evitará que a terra grude embaixo do cascalho, além de absorver o excesso de umidade. 

Coloque a terra: Dependendo do tamanho do seu terrário e do comprimento das raízes das plantas, você irá precisar de uma camada de terra com cerca de 5 a 8 centímetros. Aperte levemente a terra para eliminar o ar. Faça os orifícios na terra onde suas plantas serão posicionadas. 

Comece a plantar: Retire a planta do vaso anterior, sacuda as raízes para tirar o excesso de terra e, com cuidado, coloque-a no buraco previamente preparado. Aplane a terra em volta da planta. Repita o processo com as outras plantas. 

Adicione enfeites: Para isso, você pode usar musgo, pedras, conchas e bonecos, criando uma composição exclusiva. 

Regue um pouco as plantas: Regue o terrário levemente, uma pequena quantidade de água já é suficiente. 

Reprodução
Reprodução


Cuidados: 

Regue as plantas: Se seu terrário é aberto, regue-o de vez em quando. Terrários totalmente fechados não precisam de água. Já os abertos podem ser regados uma ou duas vezes por semana. Suculentas e cactos podem receber água uma vez por mês. 

Mantenha a saúde de suas plantas: Se perceber o surgimento de alguma erva daninha, retire-a. Se notar mofo ou plantas doentes, retire-os imediatamente.. As partes murchas das plantas também devem ser retiradas. 

Ventile o terrário: Caso tenha escolhido um terrário fechado, é preciso ventilá-lo de vez em quando. Ainda que não seja obrigatório, a ventilação é indicada quando as plantas ficam secas ou se você perceber gotas de condensação na parede. (com informações do Incrível.Club)

Tags: construção

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016