Morar bem

Travesseiros têm prazo de validade; saiba quando trocar

Conheça os cuidados que é preciso ter com os travesseiros para ter um sono de qualidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/01/2013 16:14 / atualizado em 07/01/2013 16:16
Passamos aproximadamente um terço de nossas vidas dormindo. Uma noite de sono com qualidade é essencial para ficar bem disposto no dia seguinte, manter-se saudável e até aumentar a longevidade. Entretanto, dormir bem exige alguns cuidados indispensáveis que, muitas vezes, passam despercebidos para muitas pessoas. Você sabia, por exemplo, que os travesseiros possuem prazo de validade? E que, com apenas seis meses de uso acumulam cerca de 300 mil ácaros? Renata Federighi, consultora do sono da Duoflex, alerta para algumas medidas importantes para manter a saúde do sono em dia. Conheça os cuidados que se deve ter com os travesseiros e saiba como ter um sono de qualidade: - Fique atento ao uso do travesseiro e a postura correta ao deitar. A mais indicada para se dormir é de lado. O ideal é usar um travesseiro para apoio da cabeça, em uma altura que se encaixe perfeitamente entre ela e o colchão, formando assim, um ângulo de 90 graus no pescoço. Nesta posição os joelhos deverão estar preferencialmente semiflexionados com um travesseiro ou um rolinho entre eles. - Travesseiros têm prazo de validade, portanto, realize a troca a cada 2 ou 3 anos. A prolongação do uso pode ser uma fonte de contaminação por microorganismos, possíveis causadores de conjuntivite, eczema, sensação de peito fechado à noite, espirros, coceira nas mãos ou face, corrimento ou bloqueio e até mesmo asma. - Apesar de existirem travesseiros que são laváveis, fique atento à secagem completa. A lavagem elimina uma parte dos microorganismos, rompendo o equilíbrio biológico, o que faz com que os sobreviventes se multipliquem escontroladamente, ainda mais se a secagem foi incompleta e o interior do travesseiro permanecer úmido. - Não exponha seu travesseiro ao sol, pois o aquecimento em seu interior eleva a temperatura e causa o aumento acentuado da proliferação de ácaros, fungos e bactérias, além de acelerar a pulverização das fezes e cadáveres de ácaros, elementos altamente alergênicos. - Mantenha seu travesseiro arejado e ventilado e com a proteção de uma fronha ou capa, sob luz indireta. Esta medida irá aumentar a saúde e a durabilidade do produto. Não guarde-os dentro de armários totalmente fechados. Já os armários com pequenos furos para entrada de ar ou portas do tipo "persianas" são perfeitos para guardá-los. Não deixe seus travesseiros sobre a cama, nem mesmo sob a colcha. A melhor opção para guardá-los são os cestos ou baús de fibra sintética, que protegem e mantêm a ventilação. - É importante destacar que, além destes cuidados, existem no mercado travesseiros com tratamento antiácaros. A fabricação da espuma antiácaro é permanente e segura, ao contrário de borrifações e saches, métodos temporários e arriscados. Serviço: Duoflex (www.duoflex.com.br)

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016