Chuveiro elétrico ou a gás: qual é o mais econômico?

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 29/07/2013 15:51
Quando o frio chega de vez ninguém quer abrir mão de aproveitar um banho bem quentinho, seja pela manhã, antes de ir trabalhar, ou à noite, antes de dormir. No entanto, muitos se esquecem que um dos vilões do consumo de energia é o chuveiro elétrico. Conforme dados divulgados pela Copel, Companhia Paranaense de Energia Elétrica, o chuveiro elétrico é responsável por 25% do consumo mensal de energia em uma residência; em primeiro lugar vem a geladeira e o freezer (confira no gráfico abaixo). Mas além do chuveiro elétrico, outra opção para o banho é o chuveiro a gás que, segundo especialistas, acaba consumindo menos energia que o chuveiro tradicional. "O chuveiro a gás é mais econômico pois o metro cúbico do gás geralmente é mais barato que o kilowatt/hora (kWh) da conta de luz. Nessa constatação é levado em conta apenas o consumo de energia de cada tipo e não o consumo de água e as adaptações que devem ser feitas nas tubulações para poder levar a água quente até onde ela será usada", explica o engenheiro eletricista e de Segurança do Trabalho Persio Farah Serednicki. Cuidados com o banho Na hora do banho, alguns cuidados são necessários, tanto com a instalação quanto com o uso. No caso do chuveiro a gás, o monóxido de carbono pode até provocar a morte. "Muitas mortes ocorrem porque as pessoas respiram o monóxido de carbono (CO), que é inflamável, incolor e inodoro. O CO se une à hemoglobina do sangue mais facilmente que o oxigênio, causando, no primeiro momento, dor de cabeça, tonturas. Os sintomas podem se complicar e evoluir para a morte se a concentração CO no sangue for muito grande", explica o engenheiro. O ideal é escolher um local externo da casa ou uma área bem arejada como a lavanderia, por exemplo, para fazer a instalação do aquecedor de água. No banho com chuveiro elétrico, o aterramento do chuveiro deve ser feito de maneira adequada, ligando o fio terra do chuveiro à fiação de aterramento da casa (ou do apartamento) e não cortar o fio terra como muitas pessoas fazem. Outra recomendação é não mexer no chuveiro com o equipamento ligado. "Isso previne que a pessoa leve um choque elétrico por entrar em contato com uma parte energizada", reforça. Dicas para evitar o desperdício - A Copel dá algumas dicas aos consumidores de como evitar o desperdício de energia com o chuveiro elétrico, já que ele acaba aumentando o valor da sua conta no final do mês. Então confira as dicas e coloque-as em prática! - Evite banhos quentes demorados. - Utilize a posição "inverno" somente nos dias frios. A chave na posição "verão" gasta até 40% menos energia. Não mude a chave "verão-inverno" com o chuveiro ligado. - Não diminua, não emende nem reaproveite resistência queimada. - A fiação deve ser adequada, bem instalada e com boas conexões. Fios derretidos, pequenos choques e cheiro de queimado são sinais de problemas que precisam ser corrigidos imediatamente. - Se costuma lavar o banheiro utilizando a água do chuveiro, mantenha a parte elétrica desligada. - E em caso de dúvidas para efetuar as instalações elétricas, consulte um eletricista habilitado. (Fonte: hagah)

Tags: decoração,

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016