Veja dicas para acertar na escolha do tapete ideal

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/08/2013 15:52
Existe um batalhão de gente que acha que ter tapete em casa é desnecessário. Para essas pessoas, vai o desafio. Experimente o acessório por uma semana na sua sala de TV e verá como ele é importante para conseguir conforto para os pés e aconchego para a família e amigos. Além, claro, de sua função decorativa. E o melhor: as peças podem estar presentes pela casa inteira. Da varanda, onde elas podem combinar com o jardim, aos locais que vão delimitar espaços em ambientes integrados. Sim, os tapetes têm esse poder. Atualmente, com os apartamentos cada vez menores, a integração torna-se quase inevitável e, aos apostar nesse acessório você pode resolver, de uma tacada só, a decoração do living e a sala de jantar, por exemplo. Faça a escolha certa Para escolher, comece fazendo a seguinte pergunta: qual a função que ele terá no décor? Para cada resposta, existe um tamanho correto de tapete. Nas salas de estar, onde o uso é mais comum, ele deve ser grande o suficiente para reunir confortavelmente todos os móveis sobre ele. Poltronas e mesas laterais fora dele, jamais! As medidas mais comuns, nesse caso, são 1,80 m x 1,20 e 1,80 m x 2,75 m. Para a sala de jantar, um truque: teste se as pernas das cadeiras se sobressaem quando as pessoas estiverem sentadas. Se sim, ele é curto. O ideal é que ele preencha o espaço de tal forma que quem esteja sentado tenha a cadeira com a base completamente apoiada sobre o acessório. No entanto, se sua casa for daquelas com espaço de sobra, é possível combinar, inclusive, tapetes diferentes, no tamanho e nas cores (que devem dialogar entre eles) para valorizar o local, além de criar a sensação de o ambiente estar dividido em dois. Saiba ainda que existem tipos corretos para o que você quiser destacar e que tudo está ligado ao estilo. Se deseja fazer do felpudo o grande destaque, então escolha os coloridos, com desenhos geométricos e que chame realmente atenção. Mas, cuidado: os móveis precisam ser sóbrios, caso contrário, sua sala vai virar um carnaval. No entanto, caso você queira destacar as peças de design do living, opte por modelos neutros de tapetes. Tapete como ponto de partida Tenha em mente ainda que eles podem ser o começo da decoração, ou seja, se você mudou de casa e não quis se desfazer daquele belo tapete que o acompanha há anos, então parta dele para combinar as paredes e os novos sofás que irá comprar. Fotografe-o e leve com você na hora da compra. Assim vai ficar mais fácil de encontrar o que combina com ele. A dica é brincar com o jogo de opostos, ou seja, se o tapete for neutro, pode apostar em acessórios com cores mais fortes e no tom sobre tom. O contrário também pode acontecer, ele forte e as paredes e acessórios mais suaves. Agora, se a ideia for destacar o jardim ou a frente da casa, assim como o hall de entrada e o corredor, então aposte nas passadeiras, que são compridas e estreitas e são usadas em locais onde a circulação é intensa. Por isso, corredores, escadas e entradas (incluindo o pé da porta, que pode receber capachos) são os lugares mais usados para essa intervenção. Outro aspecto importante é a segurança, pois eles deixam pisos como laminados e madeiras enceradas mais firmes. E uma última dica infalível: tapetes e passadeiras escuros diminuem o espaço e os claros aumentam a sensação de metragem. (Fonte: Leroy Merlin)

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016