Medidas simples evitam o surgimento de mofo; saiba mais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/02/2014 15:51
Quando o período de chuvas chega, uma das preocupações da população é com relação à umidade que elas ocasionam. A umidade facilita a proliferação de micro-organismos causando mofo (bolor), que podem se instalar em sofás, armários, banheiros, teto e paredes, deixando os ambientes com aparência e cheiro desagradáveis. O mofo ainda agrava a asma e transmite bactérias que podem causar infecções, um risco significativo para pessoas vulneráveis como idosos, crianças e bebês. A incidência de mofo é maior em épocas de chuvas e no inverno porque os micro-organismos encontram nos ambientes úmidos e escuros locais ideais para se propagar. Não é à toa que o banheiro é o cômodo mais propenso a abrigar colônias desses micro-organismos, principalmente no período mais frio do ano, quando o chuveiro é usado na temperatura mais quente. Por isso, o mais aconselhável e não deixar nada exposto sobre a pia ou bancada, já que fungos e bactérias ficam alojados em azulejos, piso, ralo, vaso sanitário, lixeira, toalhas, papel higiênico e até nas escovas de dente. Para manter a higiene do local é preciso limpar o banheiro com água sanitária ao menos três vezes por semana, pois os micro-organismos se instalam e proliferam em poucos dias. Deixe a solução de água e água sanitária agir por alguns minutos, depois esfregue e enxague. Outra dica é colocar toalhas de rosto e banho para secarem ao sol. Casa arejada Manter a casa arejada é o principal segredo para evitar a proliferação de micro-organismos. Além de impedir a instalação de mofos e bolores, essa atitude ainda evita que sua família seja contaminada por vírus que causam doenças como gripe e meningite. Para garantir que o ar circule, basta deixar portas e janelas abertas por algumas horas todos os dias, enquanto a limpeza dos ambientes é feita, por exemplo. Para quem passa o dia inteiro fora e não tem um ajudante para cumprir essa tarefa, a sugestão é possibilitar a circulação de ar abrindo as janelas mesmo quando o sol já foi embora. Outra dica é deixar apenas a parte de vidro das janelas fechadas quando sair de casa de manhã, assim o calor do sol pode aquecer o ambiente. Se a superfície já estiver contaminada o primeiro procedimento a ser adotado (e mais adequado) é limpar a superfície mofada com solução de água sanitária e água potável na proporção de 1:1, enxaguar e aguardar a secagem. De acordo com Felipe Comelatto, técnico em produtos da Futura Tintas, é muito importante limpar bem o local afetado e retirar todos os focos de mofo para que o fungo não retorne. "Para as infiltrações e umidade, o uso de impermeabilizantes na superfície é muito recomendável. Uma alternativa interessante é utilizar texturas, que além de impedir a penetração de água, conferem um acabamento de decoração muito sofisticado", ressalta. Outras dicas - Mesmo no inverno, não abra mão de usar panos úmidos ao limpar salas e quartos, pois eles irão reter a poeira e impedir que ela se deposite em outros locais após a varrição; - Depois da varrição, o ideal é aplicar uma solução de água e álcool, ou o produto de limpeza de sua preferência, no chão e na superfície dos móveis. - Panos úmidos também podem ser usados para higienizar cortinas e tapetes. Para eles, prefira sempre começar a limpeza utilizando um aspirador de pó ao invés de espanadores. Mas cuidado para não umedecer demais os panos e deixar superfícies, tapetes e cortinas ainda mais úmidos. - Borrife também um pouco de álcool ou outros produtos específicos para este fim no ar. Outra boa medida para adotar ao limpar os quartos é colocar travesseiros ao ar livre para secar focos de umidade. - Abra a porta de guarda-roupas e armários diariamente por algumas horas. Isso vai evitar que móveis e roupas fiquem mofados. - Se for necessário secar roupa dentro de casa, que seja no cômodo mais fresco, e de preferência com uma janela perto. - Instale exaustores nos banheiros e na cozinha, vai ajudar a diminuir a umidade. - Para evitar transbordamentos e umidade nas paredes externas da casa, verifique periodicamente as calhas do telhado. - Se possível, coloque pequenos pedaços de carvão nos locais da casa que são utilizados apenas como pequenos depósitos, já que o carvão ajuda a absorver a umidade.

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016