Decoração do quarto do bebê exige segurança e conforto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 31/03/2014 15:52
A montagem do quarto do bebê é um momento muito especial vivido durante a gravidez, pois é nesse espaço que a criança e os pais vão passar grande parte do tempo. Mais do que caprichar na escolha e nas combinações para criar um ambiente bonito e agradável, é preciso prestar atenção em diversos aspectos para que o cômodo seja seguro, confortável e possa receber o novo integrante da família da melhor maneira possível. A escolha do mobiliário é um dos primeiros fatores a ser levado em conta. "É necessário buscar móveis de boa procedência e com bom acabamento. Os cantos precisam ser arredondados e pontas que possam, de alguma maneira, prender as roupas ou joias dos bebês devem ser evitadas. As gavetas precisam possuir travas para que não caiam caso o bebê puxe", explica Thereza Sampaio, gerente de produtos da Baby Dreams. Segundo a ONG Criança Segura, a escolha do berço exige atenção extra, pois é de extrema importância que ele seja certificado pelo Inmetro e siga as normas de segurança da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Além disso, para reduzir o risco de asfixia, o ideal é manter o berço livre de brinquedos, travesseiros e bichos de pelúcia, principalmente quando os bebês são recém-nascidos. Além disso, os protetores de berço não devem possuir botões e as amarras devem ser bem fortes. Thereza ressalta ainda que todas as tomadas do quarto devem ser fechadas com protetores quando não estiverem sendo utilizadas. "Materiais de higiene e farmácia precisam ficar sempre longe do alcance da criança e, de preferência, trancados. As janelas necessitam de redes e, caso o quarto possua banheiro, o bebê deve ser impedido de ter acesso com um portão de segurança. Lembre-se também de optar por cortinas e persianas que não possuam cordas, pois elas oferecem riscos de estrangulamento", acrescenta Sampaio. Visando o conforto e tranquilidade do bebê, uma iluminação adequada é essencial. "O ideal é instalar, além do ponto principal de iluminação, uma luz indireta, ou ainda um dimmer para regular a intensidade de luz no quarto quando o bebê estiver dormindo e é preciso entrar no ambiente. Existem também algumas luzes de tomada com sensor de luminosidade, que só acendem quando o quarto está escuro, oferecendo um pouco de claridade sem incomodar", esclarece Thereza. Por fim, atente-se aos tecidos. O algodão é o mais indicado para lençóis, fronhas e roupas, por ser mais delicado e oferecer menos riscos de alergias. Nos tapetes, opte por versões antiderrapantes, laváveis e antialérgicas. "Para os bebês que estão engatinhando existem também os tapetes emborrachados que além de proteger o bebê em casos de queda, servem como isolantes térmicos e são fáceis de limpar.", conclui Thereza Sampaio. Serviço: Baby Dreams (www.babydreams.com.br)

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016