Aprenda como prevenir entupimentos na pia da cozinha

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/04/2014 15:28
A pia da cozinha entupiu ou a água está demorando para escoar? Isso pode ser sinal de que você se descuidou da manutenção da caixa de gordura. Mas você sabe o que é e para que serve esse equipamento? Ela é como um grande balde, que fica abaixo do piso, deixando ver apenas a tampa. Sua função é impedir que a gordura dos alimentos - que vai com a água literalmente ralo abaixo - chegue à rede de esgoto. A caixa de gordura tem as medidas calculadas pelo engenheiro, no momento do projeto do imóvel, levando em conta o número de pessoas que vão usar a cozinha. Na caixa há uma quantidade pré-determinada de água, que serve como "filtro" da água gordurosa que vem da pia da cozinha e da máquina de lavar louças. Esse líquido oleoso entra por um tubo, cai na água que já está no dispositivo e sai pelo lado oposto, sem a gordura. "Como água e óleo não se misturam, devido ao tempo de passagem, a gordura boia e só a água passa", resume engenheiro civil José Roberto Scarpetta Alves. Manutenção As caixas de gordura são comumente feitas de concreto ou de plástico PVC. Elas possuem tampa removível para facilitar a limpeza. Nela, a sujeira se apresenta como uma espécie de "casca" e deve ser retirada, ensacada e jogada no lixo orgânico. O procedimento deve ser feito de seis em seis meses em casas, e de três em três meses em prédios, e pode ser realizado por empresas especializadas ou com o uso de bactérias que "comem" a gordura. Essas bactérias são vendidas em formato de farelo seco embalados em potes plásticos e são encontradas em lojas especializadas. É importante destacar que os resíduos que sobrarem da limpeza da caixa não devem ser jogados na rede de água novamente %u2013 como no vaso sanitário. Isso pode provocar entupimento do sistema. O engenheiro alerta que, mesmo com o uso das bactérias especiais, é obrigatório fazer pelo menos uma higienização anual da caixa de gordura. Para facilitar a remoção da gordura da caixa até o saco de lixo, alguns modelos do dispositivo vêm com uma cesta de limpeza. Gordura no ralo da pia O cuidado com a gordura no ralo da pia é importante porque o excesso do material pode levar ao escoamento lento da água, a entupimentos da tubulação e ao mau cheiro. Em casos extremos, pode haver transbordamento da caixa de gordura - quando a limpeza não é feita no período correto - ou volta do líquido sujo pelo ralo da pia - o que ocorre quando a caixa está cheia e a água que chega nela não consegue seguir adiante, ou seja, retorno por onde entrou. Cuidados preventivos Mas vale o ditado de que não sujar é melhor do que limpar. Scarpetta explica que a caixa só retém a gordura que consegue chegar até ela. Antes disso, porém, o óleo que desce com a água pela pia vai se acumulando na tubulação. Com isso, pedaços de alimentos, como grãos de arroz, podem acabar aderindo à parede do cano também, em um processo que se repete. "Esse material acaba criando uma espécie de bola, que diminui a vazão da tubulação e faz a água da pia demorar para escoar", continua o engenheiro. O conselho para evitar essa situação é não jogar restos de comida na pia, descartando o que sobra dos pratos e panelas na lixeira, antes de lavar a louça. "Passar papel toalha na superfície do utensílio, retirando todo o excesso de gordura antes de lavá-lo, também ajuda a evitar essa situação, além de economizar água", ensina. Outra dica é jogar cerca de dois litros de água fervendo na pia depois de lavar a louça - "o tubo resiste", garante o engenheiro. O líquido quente vai descolando a gordura grudada na tubulação. O desentupimento pode ser feito, ainda, com produtos à base de soda cáustica (à venda em lojas especializadas e na seção de limpeza de grandes supermercados). O químico é jogado no ralo da pia, age por alguns minutos e depois é limpo com água corrente, sem que a pessoa encoste nele. "É meio perigoso e tóxico, devendo ser usado longe de crianças e com muito cuidado", alerta Scarpetta. E usar refrigerante a base de soda, como os refrigerantes de cola, funciona? "Não é cientificamente comprovado", diz. Caixa de gordura x caixa sifonada Scarpetta aponta uma situação em que o problema de escoamento de água pode ser mais difícil de resolver do que com uma simples limpeza: o caso da caixa sifonada. O equipamento, que serve para recolher a água do chuveiro em casa, por exemplo, às vezes é usado em substituição à caixa de gordura como uma medida de economia, já que é mais barato. O especialista alerta que isso é "totalmente inadequado". "O volume de retenção é muito pequeno e há tendência de encher mais rápido, além de as duas caixas funcionarem de maneiras diferentes", explica o profissional. "A tubulação de entrada da caixa sifonada também é menor do que deveria, e a velocidade com que a água passa não é suficiente para separar água e gordura, ou seja, a caixa se torna ineficiente", completa. Segundo o engenheiro, em caso de entupimento ou demora no escoamento da água da pia, o indicado é limpar a caixa de gordura. Se não for possível, ou se a caixa for sifonada e não houver possibilidade de trocá-la pela de gordura, ele aconselha a jogar água quente direto na caixa. "E evitar encher a pia de gordura novamente", finaliza. (Fonte: Hagah)

Tags: ambiente

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016