Sombreadores são ótima opção para proteger áreas externas do raios solares

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/06/2014 16:50
As consequências da falta de cuidado com a exposição ao sol geralmente se apresentam em longo prazo e o maior perigo é o desenvolvimento do câncer de pele. De acordo com o INCA %u2013 Instituto Nacional de Câncer - são diagnosticados por ano cerca de 130 mil novos casos da doença, correspondendo a 25% de todos os tumores malignos registrados no país. O que muita gente se esquece é que a radiação ultravioleta acontece o ano inteiro, não apenas no verão e atinge não só o corpo diretamente, mas reflete também na água, cimento, areia e chão. Por isso, a pele é atingida mesmo nos dias nublados ou de mormaço, sob água ou através do vidro nos carros com a janela fechada. Utilizar filtro solar e chapéu são alguns cuidados básicos para prevenir o câncer de pele. Porém, outra solução que tem virado tendência no mercado é o uso de sombreadores (telas de polietileno de alta densidade), tecnologia que protege áreas externas dos raios UVA e UVB em até 97%. Os sombreadores são desenvolvidos com material especial, reduzindo o impacto do sol e calor e já estão sendo utilizados em parquinhos infantis, estacionamentos externos de supermercados, aeroportos, condomínios, pátios e clubes. "As telas são uma boa opção pois proporcionam de 85% a 97% de bloqueio dos raios UVA e UVB, protegendo as pessoas que estão expostas ao sol em qualquer época do ano. Os sombreadores já estão presentes nos estacionamentos de shoppings, aeroportos e parques", explica o arquiteto Orestes Ravanhani Neto, diretor da Sol Técnica, especialista em coberturas e sombreadores. "Cada vez mais devemos priorizar estes locais para prevenir a exposição excessiva ao sol, já que a área fica muito mais protegida, sem tirar a graça de estar ao ar livre", explica. Cinco dicas para evitar o câncer de pele mesmo no inverno %u2022 Use chapéus, camisetas e protetores labiais durante qualquer tipo de exposição ao sol, por exemplo, durante a corrida matinal ao ar livre. Proteja-se sempre, mesmo nos dias em que o sol não aparente estar tão forte. %u2022 O sol que pode provocar o câncer de pele é cumulativo e de acordo com pesquisas, 80% de toda exposição solar de uma pessoa costumar ser até os 18 anos. Utilizar filtros solares diariamente desde a infância %u2013 no mínimo fator 15 - e não somente em horários de lazer ou diversão é essencial para prevenir a doença. Além disso, no inverno é mais comum nossa pele ficar seca e ressacada. Por isso, o uso de protetor solar com hidratante é recomendado para proteção e hidratação do corpo durante essa época do ano. %u2022 Observar regularmente a própria pele, à procura de pintas em alto relevo ou manchas suspeitas. %u2022 Assim como para todos os tipos de médico, aconselha-se procurar um dermatologista pelo menos uma vez ao ano para um check up. %u2022 Manter bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses e durante brincadeiras ao ar livre, locais com sombreadores e proteção contra os raios UVA E UVB são ideias. A pele das crianças é muito mais sensível e os riscos de insolação e queimaduras são maiores. Serviço: Sol Técnica (www.soltecnica.com.br)

Tags: imóvel

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016