Decoração tem vários estilos: descubra o que mais combina com você

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/07/2014 16:00
Na hora de decorar, vários fatores podem ajudá-lo a escolher o estilo que mais combina com sua personalidade: seus gostos pessoais, o estilo arquitetônico da casa ou apartamento e até a localização do imóvel. O seu orçamento e disponibilidade dos diversos elementos decorativos também vão ter um papel determinante na escolha de como decorar sua casa, mas uma vez definidos estes critérios, você pode dar início ao divertido processo de decorar. Independente da popularidade de determinado estilo de decoração, escolha peças e acessórios sempre de acordo com suas preferências. Isso vai contribuir para que você se canse rapidamente do visual da casa. Lembre-se que elementos que estão na moda hoje, amanhã podem estar ultrapassados. Por isso, opte sempre por estilos mais versáteis e fáceis de combinar com outros, caso precise fazer uma renovação. Não conhece os principais estilos de decoração? Confira abaixo algumas opções e descubra com qual delas você mais se identifica: Contemporâneo/Moderno A fronteira entre o estilo contemporâneo e o moderno é muito tênue por serem idênticos em muitos aspectos. Ambos privilegiam espaços livres de desordem, simples e minimalistas. No estilo contemporâneo a palavra de ordem é a simplicidade, por isso você deverá procurar mobiliário de linhas modestas, mas muito funcional. É um estilo de decoração que utiliza cores neutras, preto e branco, com alguns pontos de destaque de tons mais vibrantes para iluminar o espaço. Para criar impacto na divisão opte por combinar materiais como vidro, com pedra e metal, para acentuar o contraste entre os diversos elementos de uma forma mais criativa. Use e abuse da cor e da textura, assim como de acessórios de arte e elementos neutros. Já o estilo moderno baseia-se em materiais novos e tecnologicamente avançados, como é o caso do aço escovado, fibra de vidro, plástico, contraplacado, wengé, faia, entre outros. Dê preferência a formas geométricas e mobília minimalista e de inspiração mais futurista. As cores das paredes devem ser claras, combinadas com tetos brancos. A forma e a impressão artística saem privilegiadas e não a funcionalidade, ficando também as texturas para segundo plano. Retrô Se você gosta de cores vibrantes, elementos vintage, mobiliário que evoque memórias e que conte uma história, então sem dúvida que o estilo de decoração retrô é o mais indicado para a sua casa. Este estilo permite total liberdade de expressão e a combinação de elementos decorativos que há primeira vista parecem dissimilares, como acessórios vintage dos anos 50 e elementos mais modernos, mas que em conjunto criam um estilo muito próprio. Adquira mesas e cadeiras de cores alegres e variadas, combinando diferentes texturas para criar o ambiente retrô perfeito. Clássico/Tradicional Casas em estilo tradicional muitas vezes apresentam elementos decorativos e detalhados como sancas e tecidos estampados. É um estilo de decoração muito popular, que apela à diferentes gerações. Característica fundamental deste estilo é a mobília em cerejeira, combinada com móveis mais antigos, originais ou reproduções, e elaborados de forma muito rica e ornamentada, de preferência em tons escuros e intensos. Os acessórios decorativos não devem ser usados em excesso, uma vez que os elementos de maior porte, como a mobília, já são bastante ornamentados e foco central de todo o espaço. Para decorar nesse estilo você pode usar papel de parede como complemento decorativo, com padrões que combinem com os tecidos que escolheu para o espaço. Escolha lâmpadas com tons de branco ou marfim na sala, uma imponente cama no quarto e estará sem dúvida no bom caminho para ter uma decoração em estilo tradicional. Country/Rústico O estilo rústico privilegia elementos caseiros e campestres. O mobiliário é rústico e rural, inserido num ambiente repleto de padrões simples, quentes e acolhedores. Os tons utilizados neste estilo devem ser os tons terra, que apelam a uma vida simples no campo e longe de toda a agitação urbana. Crie pontos de destaque em tons azuis, verdes e amarelos. Use tecidos xadrez ou com estampas florais e certifique-se de exibir seus tapetes feitos à mão e colchas favoritas. Para acentuar o estilo rústico utilize elementos decorativos de metal, cobre ou estanho, assim como cestos de vime e palha, potpourri, cerâmica, latas decorativas e peças feitas à mão. Quando escolher a mobília opte por móveis mais antigos, com poucos detalhes e superfícies pintadas, como uma bonita cadeira de balanço ou uma robusta mesa de pinho. Étnico Este estilo de decoração é projetado para trazer harmonia, equilíbrio e serenidade ao espaço. Se você pretende criar um ambiente em que se sinta mais calmo depois de um agitado dia de trabalho, então o estilo asiático é perfeito. As casas asiáticas são normalmente desprovidas de objetos decorativos, dando-se prioridade apenas aos móveis essenciais para viver uma vida simples. Opte sempre por móveis multifuncionais, como um futon (colchão usado na cama tradicional japonesa) que é usado para sentar e dormir. Oriental, Zen, Africano são estilos étnicos bem frequentes. Os materiais e texturas utilizadas são provenientes da natureza, como o bambu cedro, pedra, vime, papel de arroz, e os têxteis são normalmente, tecidos naturais, sem padrões e que não foram sujeitos a processos de tingimento. Entre as cores usadas domina o preto, utilizado para acentuar as formas geométricas presentes no ambiente. O estilo asiático baseia-se em tons de terra suave, como o castanho, o verde, o cinza e o bege, com detalhes acentuados pela cor dourada. Casual Este é um estilo despojado e confortável. Pode ser trabalhado com os tons neutros ou colorido vibrante. Móveis e almofadas confortáveis, peças alternativas e elementos divertidos junto a objetos pessoais, além de fotos e adesivos, compõem um ambiente único e cheio de personalidade. Shabby Chic/Romântico O estilo romântico é marcado pela presença de estampas florais, cores em tons pastel (rosa claro e azul claro) e móveis no estilo provençal. Todas estas características também estão presentes no Shabby Chic, um estilo que mistura peças antigas combinadas com outras modernas. Por isso a linha que sapara estes dois estilos é quase invisível. "Shabby" significa desgastado ou surrado e "chic" se deve à mescla com peças modernas, leves e sofisticadas. Neste estilo, as cores são sempre claras, suaves e pastéis com variações dos tons de azul, rosa, verde-água, salmão, areia, bege, aveia, ocre, cinza e branco. O Shabby Chic foi inspirado nas antigas e grandes casas de campo da Inglaterra, onde era comum comprar móveis usados em mercados de pulgas. Por serem de segunda mão, eram sempre um pouco desgastados. O estilo também é composto por rendas, babados, tecidos de fibras naturais, tecidos amassados, desbotados ou tingidos com chá para dar aparência envelhecido, estampas florais delicadas, veludo gasto, livros antigos, entre outros objetos, sempre com ar desgastado. Kitsch O Kitsch é estilo de decoração que está mais presente no dia a dia do que as pessoas imaginam, mas que nem sempre é reconhecido pelo nome. Muito questionado na arquitetura e na decoração, o Kitsch nasceu a partir do fenômeno conhecido como sociedade de massa, na qual a produção artística e cultural era destinada a abranger uma parte maior da população. A principal característica do Kitsch é o exagero e o uso excessivo de elementos, como diversos quadros em uma mesma parede ou a mistura de vários estilos em um mesmo ambiente. Essa relação com o exagero muitas vezes é associada ao brega. No entanto, na maioria das casas é comum encontrar um elemento considerado Kitsch, como pinguins de geladeira, anões de jardim, flores artificiais ou até mesmo imitações de obras de arte. Minimalista Alguns estilos são eternos porque têm a capacidade de agradar a quase todos, sem cansar moradores ou visitantes. É o caso do minimalista. Como o nome diz, decoração minimalista é um estilo onde se usa o mínimo de peças nos ambientes. A ideia é utilizar apenas o necessário para que os espaços tenham boa funcionalidade e organização. O visual é limpo e calmo. Nesse estilo a luz natural é bem valorizada e as cores são neutras, com predominância de branco, preto e cinza. Os contrastes ficam por conta de cores ousadas em algumas peças de arte nas paredes. Os móveis seguem linhas retas, são baixos, elegantes e simples, feitos sobretudo de materiais como a madeira, o vidro, o acrílico e o aço inoxidável. Nos pisos e paredes, além da madeira, são usados também mármores, granitos e concreto. Os acessórios são poucos, mas devem ser marcantes. Uma única peça de arte pontual, um vaso contemporâneo ou uma planta complementam e determinam o destaque da decoração. (Fontes: Decoração de Apartamentos e Casos de Casa)

Tags: imóvel

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016