Aprenda como escolher o pendente ideal e como determinar sua altura

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/09/2014 15:55
As luminárias pendentes sempre trouxeram um charme a mais para qualquer decoração. Com estilos variados, elas podem ser usadas em todos os cômodos para trazer mais identidade ao ambiente. Versáteis, os pendentes podem ser usados em projetos variados já que contam com altura ajustável, fazendo com que o pé-direito duplo, por exemplo, não se torne um problema. Com tantas opções no mercado, muita gente acaba com dúvidas quanto ao pendente ideal para a necessidade. Assim, a Bronzearte Iluminação selecionou algumas dicas preciosas que vão facilitar a decisão de qual luminária adquirir. Confira: A decoração O pendente deve seguir o mesmo estilo do restante da decoração. É preciso olhar o projeto como um todo e ver se a luminária vai se harmonizar com o que está ali. A ideia é que o pendente combine com os móveis, estofados, acessórios e não que destoe deles. Ele deve se destacar sem ficar desproporcional em relação aos demais elementos.. Sala de jantar O formato da mesa deve ser levado em consideração na escolha da luminária pendente. Para as mesas retangulares e quadradas, que são curingas, pendentes de tamanhos e formatos variados são bem-vindos; mesas ovais pedem pendentes redondos, ovais ou com formas orgânicas e mesas redondas requerem luminárias no mesmo formato. Iluminação O pendente não deve prejudicar a iluminação, mas sim deve complementá-la. Por isso, se a mesa for muito grande, é preciso ficar atento sobre a necessidade de mais de uma luminária ou de recursos de iluminação complementares a esse pendente. Altura O pendente nunca deve ficar tão baixo que prejudique a passagem das pessoas e nem tão alto que não ilumine o suficiente. Sua distância mínima do teto é de 20 cm e, em média, deve estar distante da mesa uns 80 cm. Na sala e nos halls, o pé-direito deve servir de referência. Funcionalidade A funcionalidade deve sempre permear a escolha do pendente. Em ambientes nos quais a luz é fundamental, como copa, cozinha etc, pode-se usar mais de uma luminária, até mesmo com alturas variadas, mas de forma que garanta a boa incidência de luz para a realização dos trabalhos. Luz e sombra As sombras podem ser aliadas ou inimigas da decoração. Se elas se projetarem de forma equivocada nas paredes e nos móveis, vai deixar o ambiente poluído. Além disso, é preciso atenção especial com o reflexo que a iluminação vai ter em móveis de vidro ou espelhados %u2013 aí um difusor pode resolver o problema. Há ainda uma diferença sutil e que causa confusão no público leigo: lustres e pendentes são objetos distintos. Os pendentes, como o nome mesmo já diz, saem do teto e ficam pendurados. Geralmente têm de uma a três lâmpadas. Os lustres também ficam pendurados, mas contam com %u2018braços%u2019, com lâmpadas laterais que vão contribuir com a iluminação decorativa. Serviço: Llum | Bronzearte http://www.bronzearte.rpm.com.br/

Tags: design

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016