Horta traz uma pitada de natureza para o apartamento; veja dicas para plantar a sua

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/11/2014 17:01
Temperos, hortaliças e verduras frescas não são mais exclusividade de quem tem um grande quintal em casa. Mesmo em apartamento, os apaixonados por hortas encontram espaço para mexer a terra e cultivar suas plantinhas. Foi em busca de mais saúde que a consultora de marketing Pollyanna Rodrigues Boberg, de 37 anos, resolveu montar, há três anos, uma pequena horta no apartamento onde mora. "Comecei quando resolvi que ia tentar almoçar em casa todos os dias. Queria uma alimentação mais saudável e parei de usar temperos prontos", conta.  Hoje, Pollyanna e o marido plantam entre outras coisas, salsinha, cebolinha, orégano, manjericão e alface. "Temos ainda outros tipos de plantas como suculentas e violetas. Também já plantamos tomates por aqui", relembra ela. "Hoje quando almoçamos fora até estranhamos o sabor da comida. A alface, por exemplo, tem um gosto completamente diferente e o tomate era bem docinho, como uma fruta mesmo", acrescenta ela.  Segundo a analista de marketing, a mudança de hábito trouxe mais qualidade de vida e a rotina de cuidados com as plantas se tornou um hobby. Para driblar a falta de espaço, Pollyanna usou a sacada do apartamento para montar sua horta. "Como temos gatos em casa precisamos fazer umas prateleiras e colocar a horta no alto. Até gostaria de plantar mais coisas, mas falta espaço", lamenta.  A artista visual e artesã Letícia Albanez, de 26 anos, também utiliza um espaço no apartamento onde mora para cultivar alecrim, manjericão, boldo e até tomates. "Esses dias os tomates estavam lindos. Andei aproveitando para fazer várias receitas", comemora. Segundo Letícia, sua relação com as plantas vem desde a infância. "Tenho uma relação afetiva com elas, algo muito além da praticidade de ter os temperos à mão. Gosto de acompanhar a vida e o crescimento delas. Tudo o que sei aprendi quando criança ou depois pesquisando. Sempre fui curiosa sobre esse assunto".  Segundo Letícia, dar vida à pequena horta foi uma tarefa que exigiu paciência e dedicação. "Quando me mudei para cá, há três anos, esse espaço só tinha pedras e uma raiz profunda, sem vida, que deu muito trabalho para tirar. Mas consegui trazer uma terra de qualidade e começar a plantar". A experiência deu tão certo que em pouco tempo a horta começou a trazer surpresas positivas. "Uma vez joguei tantas sementes que nasceu uma melancia", relembra a artesã, que costuma "trocar figurinhas" sobre a horta com os amigos. "A muda desse boldo eu peguei da casa de um amigo, esses dias um outro colega veio aqui e levou algumas sementes".  Úteis e decorativas  O cultivo de plantas no apartamento, seja na sacada ou na própria cozinha, é uma boa pedida para agregar sabor e frescor aos pratos do dia a dia, e ainda aumentar o charme da decoração.  "Com algumas soluções simples e criativas as plantinhas podem ornamentar janelas, bancadas e aparadores, além de valorizar projetos por meio de cores que dão vida aos espaços", avalia a designer de interiores Fabiana Visacro, da VSDesign.  Para montar a hortas ornamentais vale utilizar pequenos vasos, latas, garrafas pets ou baldinhos. Se o espaço permitir, você pode até montar um pequeno canteiro, usando caixas de madeira ou um vaso mais comprido (do tipo floreira). Outro material bastante utilizado para o cultivo de plantas é o %u2018Bacsac%u2019. De tecido ecológico bastante flexível, o acessório pode ser colocado em qualquer ambiente, pois mantém o equilíbrio entre a terra, o ar e a água. Independente do recipiente, é importante estar atento a alguns passos que irão garantir o sucesso do plantio. Para crescerem viçosas, especialmente em apartamentos e ambientes internos, os vegetais necessitam de cuidados especiais, que começam já na escolha do que será cultivado. Afinal, cada espécie exige iluminação, temperatura, rega e tipos de vasos apropriados.  Para a maioria das plantas, a rega deve ser diária e o sol da manhã é o mais apropriado. A iluminação natural e a ventilação do ambiente são fundamentais para o desenvolvimento das mudas.  Depois de conciliar a escolha das plantas e do recipiente é só colher %u2013 literalmente %u2013 os bons resultados. "As hortinhas caseiras estão em alta, pois combinam com o estilo de vida saudável e sustentável que é muito valorizado hoje em dia. Além disso, se harmonizam com todos os estilos de decoração: das rústicas às mais contemporâneas", destaca a designer. 

Tags: casa,

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
27 de outubro de 2016